Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2018

A ti, Julho

Oh Julho, podias abrandar? Eu sei que os teus dias quentes tardam em aparecer mas desta forma não consigo saborear os teus dias se continuas tão apressado, - as horas a correr e os minutos a avançarem sem fazerem stop. Ainda preciso de dias quentes na minha vida, de raios de sol a queimarem-me a pele. Preciso de ganhar cor, de ir à praia, de ler num jardim... Julho, podias ficar quietinho, por favor?

Aldeias Avieiras | Tejo

Um Domingo. Um grupo fixe. Um carro e seguimos para visitar algumas aldeias avieiras no Tejo. Tinha lido uns artigos sobre estas aldeias e tinha curiosidade.  Estas aldeias foram surgindo devido à imigração de pescadores  da Praia da Vieira (Marinha Grande) no início do séc. XX, que procuravam sustento durante o Inverno, e decidiam pescar no rio. Com os anos, foram permanecendo junto ao rio, e viviam inclusivamente nos barcos com as suas famílias. Na altura começaram a ser chamados de "Avieiros" (ciganos do rio), e os proprietários dos terrenos nas margens do rio, lá os autorizaram a construir as suas habitações: em madeira sobre estacas de forma a protegerem-se contra as cheias do rio. Por isso estas casas são bem toscas.  Existem várias aldeias destas ao longo do Tejo: Palhota, Escaroupim, Caneiras que merecem certamente uma visita. 











Diário de uma TTAE #22

Este post devia ter outro título: "Como os passageiros perdem toda a razão", e por que é que eu escrevo isto? Porque acabei de chegar do trabalho plenamente indignada com a situação que vivi há apenas meia-hora: Tinha um grupo de passageiros no balcão de transferências chateados porque o voo deles havia sido cancelado: era um charter com destino a Creta e dirigiram-se a este balcão para levantar os vouchers de alimentação a que tinham direito. Eram 10 passageiros. Eu não tinha na minha posse nenhum voucher e liguei para o Balcão de Serviço ao Cliente da companhia de handling que assistia o voo. Informaram-me de que os vouchers teriam que ser levantados nesse balcão, que eles os tinham lá já prontos. Agradeci e desliguei o telefone. Levantei-me e dirigi-me aos passageiros para os avisar. Garanto que fui sempre simpática com um sorriso nos lábios. Por norma sou muito prestável e foi isso que fui até àquele momento porque eles levantaram a voz e gritavam que não iam sair dali s…

Cuidar dos pés

Chegar a casa e colocar os pés de molho... água bem fria que arrepia (ideal para ativar a circulação). Esponja, lima, gel de banho, uma toalha e creme hidratante para pés. São estes muitas vezes os utensílios que utilizo para relaxar assim que chego a casa depois de 7:30 a labutar. O grau de relaxe aproxima-se bastante dos 90%, embora a mente precise muitas vezes de esvaziar e acalmar. Tem-me sabido bem este pequeno truque ao regressar a casa e para já basta. São minutos de paz total, entregue a mim mesma. Um mimo depois de estar no meio da multidão todo o dia.

Delicatessen

São delicadas estas fotografias de Ania, cujo Instagram é este. Assim que as vi, tive que as partilhar imediatamente porque estas imagens são demasiado elegantes para ficarem perdidas no mundo da internet. Aqui fica o trabalho desta jovem.




Diário de uma TTAE #21

Perante um novo grupo de onjobs (no aeroporto utilizamos esta expressão, mas se preferirem trata-se de estagiários ou trainees, como preferirem), tive as seguintes conversas:
- Ensinas muito bem - diz-me a tutora deste grupo de futuros colegas.
- Tento explicar tudo de forma como gostaria que me explicassem a mim.
- Um dia quando eles estiverem já a trabalhar vão lembrar-se sempre de ti. Obrigada"

Um dia mais tarde, uma das colegas novas dizia-me, aproximando-se de mim e do balcão de check-in onde eu estava a trabalhar:
- Queremos ficar contigo porque sabemos que és boa.


Não sou só eu que sou boa, há dezenas de outros colegas que trabalham bem e se preocupam genuinamente com os  passageiros. Já vi gente a despachar pessoas, eu própria o faço quando temos a pressão de despachar um determinado voo, mas tento sempre prestar um bom serviço, é para isso que ali estou a dar a cara pelas companhias aéreas, e é para isso que recebo um vencimento no final do mês.  É para ouvir isto que acordo de…

Passadiços do Paiva | Arouca

Há muito que tinha na minha Wishlist conhecer os Passadiços do Paiva, em Arouca (distrito de Aveiro). Localizam-se na margem esquerda do Rio Paiva e são 8 km de uma paisagem inesquecível. Eu fiz o caminho de ida e volta, e tomei banho nas praias fluviais de Areinho e Vau. Iniciei o percurso em Espiunca, aconselhado para quem faz o percurso nos dois sentidos. É aconselhado o uso de protector solar, levar comida, embora haja cafés, usar sapatos confortáveis. Se comprarem o bilhete via online o preço é de 1€, no local é 2€. É uma óptima experiência para fugir do ruído da cidade, o único senão são as escadarias já na recta final do percurso, já bem perto de Areinho, mas ainda assim temos que as ver como uma aventura… Se conseguem subir e descer as escadas, conseguem fazer o percurso todo sem qualquer problema…  Se vierem de longe (como eu) preparem-se para lá passar o dia inteiro. O ideal é irem de véspera para que no dia da caminhada estejam fresquinhos. E depois, é só desfrutar dos verdes, d…

Klodsmajor

Conhecem o jogo Jenga, certo? (umas pecinhas de madeira que vamos empilhando como uma  torre e vamos retirando peças e colocando no topo até a torre cair) Eu também mas nunca o tive. Joguei com uns amigos e fiquei com vontade de o adquirir mas o preço fazia-me sempre mudar de ideias. Há dois dias passei na Tiger, a meca dos preços baixos, e encontrei o jogo em versão miniatura e com outro nome: Klodsmajor. Claro que o trouxe... E o jogo é viciante e enervarmo-nos porque a torre começa a tremer devido à sua instabilidade e nós só queremos tirar uma peça amarela que está lá em baixo... Um jogo enervante, experimentem!

Diário de uma TTAE #20

Celebrei um ano de trabalho intensivo no aeroporto no mês passado. Há um ano que tenho horários loucos, turnos rotativos, folgas que me sabem a férias e acordo todos os dias às 02:00 ou às 03:00 com a certeza que o mundo da aviação é dos mais complicados no universo dos meios de transporte. E saber todos os dias, que embora tenha dias muito bons e outros muitos maus, sou útil. Desde há 1 ano que conheço gente de todo o mundo, já falei com centenas de nacionalidades, já peguei em passaportes vindos do outro lado do mundo, já apertei mãos, recebi beijinhos, alguns abraços, centenas de sorrisos e muitos desabafos. Trabalhar na aviação é complicado - não o são todos os trabalhos? - mas já me habituei. O meu formador de Procedimentos e Check-in dizia-nos nas aulas: "um verdadeiro TTAE demora 1 ano a formar-se, e isto porque aprendemos coisas novas todos os dias. Só o somos verdadeiramente após 1 ano de trabalho". E com a experiência consigo confirmar isso mesmo: o meu trabalho é …

Nívea "Fairy Tales"

Toda a gente tem uma lata de creme nívea em casa, aposto! Eu tenho, sempre tive, a minha mãe sempre comprou e nós sempre usámos. É dos cremes mais gordurosos que podemos usar e é absolutamente intemporal. Agora a marca presenteia-nos com as latas mais amorosas de sempre. A coleção chama-se "Contos de Encantar" com ilustrações do artista Joelle Tourlonias. E bem como o lançamento desta edição limitada, a nívea lançou no seu site vários contos do autor Udo Weigelt, que estão disponíveis aqui. Garanto que as histórias e as ilustrações são do mais fofinho que há. Só é pena estarem apenas no universo digital porque eu gostaria de ter esta compilação em livro físico. E claro, não podemos esquecer as vantagens de ter esta latinha em casa: Cuidado intensivo e protector. Fórmula de hidratação intensiva. Ideal para uso diário em todas as zonas da pele. Quanto a mim, assim  que "botei" os olhos nestas latinhas, tive que trazer uma para casa, são colecionáveis e dão para guardar bi…

FIA 2018

Antes de iniciar a minha crónica, adianto que ir à FIL representa para mim, reviver memórias de criança, já que em miúda era habitual a nossa presença nas mais variadas feiras que se realizavam no antigo pavilhão da FIL em Lisboa. Hoje em dia, a FIL é mesmo ao lado do Altice Arena (Pavilhão da Utopia ou Pavilhão Atlântico para mim) e a última feira ali realizada foi a Feira de Artesanato - a FIA 2018. E que bem me soube andar por ali, nos vários stands a descobrir coisas novas, artesanatos de outros países e perder-me nos stands da Índia e Áfricas. Mas aquele que me encheu o coração foi um stand pequenino da marca Matilde Beldroega, estava lá a Rita Pinheiro, a criadora da marca. Ora a Rita, foi buscar a Matilde ao nome da sua gata e Beldroega ao Alentejo e assim criou mil e uma personagens encantadoras. Trouxe um dos livros publicados "Um dia na Praia" e fiz questão de lhe pedir um autógrafo porque as suas pequeninas obras são encantadoras e eu disse-lhe isso mesmo. É a Rita …

KitKat rosa

Já está no mercado português o KitKat rosa eu tem andado a fazer furor entre as populações mais gulosas! É possível encontrar este maroto em qualquer supermercado, é feito com sementes de cacau ruby, que lhe dá esta cor tão feminina e a marca garante não ter utilizado corantes artificiais (really?). Em relação ao sabor, é apenas diferente porque se me derem a escolher prefirirei sempre o KitKat original :)

"Tomb Rider"

Habituada que estou a ver Angelina Jolie a vestir a pele de Lara Croft em Tomb Rider, estava ansiosa a ver a querida Alicia Vikander a desempenhar o mesmo papel, porque até agora tenho gostado dos filmes em que entra. Nesta versão recente do famoso jogo, Vikander tem um papel mais físico e muito mais exigente. Se bem que as cenas de ação me pareceram demasiado exageradas, querem colocar ação, coloquem mas não entremos em extremos. Se esta Croft cai de um avião ferrugento e se lança em paraquedas e não sofre um único arranhão nem parte nenhum osso, começamos a estranhar. Tomb Rider tinha tudo para ser um perfeito blockbuster de verão mas ali pelo meio perdeu-se a magia que o fez ter tanto sucesso há uma década. Croft deixou de ser um sex symbol e passou a ser mais durona, mais aventureira, mais lutadora. Veremos se terá continuação...