[Thoughts]



Está tudo louco. Tenho-me centrado muito nas pessoas, observo  os seus gestos, os seus discursos, os seus comentários e encontro tantas mas tantas incongruências que vou ficando desiludida. Pessoas que pensava que poderiam ser minhas amigas ou que tinham tudo para o ser, surgem com atitudos pouco nobres, gestos de pessoas que não têm bom coração.
E eu, perante tudo isto, faço o que os pinguins de "Madagáscar" faziam: sorrir e acenar. Sigo em frente, não tenciono voltar atrás. Quem é amigo está, quem não é, ficará pelo caminho. 
A vida soma e segue, não há tempo a perder, e por isso abstenho-me cada vez mais de intrigas, conversas maldosas e afasto-me de pessoas com más-energias... 


Comentários