Diário de uma TTAE #12



Trabalhar no aeroporto faz-nos pensar em muita coisa má. Estou aqui já há alguns meses e já vivi ameaças de bomba em que estávamos barricados dentro da zona internacional e ninguém podia nem entrar nem sair.

Ja vi malas abandonadas nos cantos em que o staff do aeroporto é obrigado a chamar a polícia 👮.
Acho que não há um dia em que não pense que isto vai rebentar. Mesmo com todas as medidas de segurança que existem, e são muitas, nunca estamos seguros. Até um passageiro que faz uma viagem cruzando continentes estranhamos se não despachar qualquer bagagem e partilhamos a nossa desconfiança com os supervisores. Aqui estamos constantemente alerta. 
As mãos são constantemente limpas, dedos nos ouvidos e olhos é coisa que evitamos. Nunca estamos sossegados mas acabamos por nos habituar a esta vida, completamente ao contrário do resto do mundo. Madrugadas é coisa que não nos faz confusão. Acordar às 02h ou às 03h da manhã para ir trabalhar e almoçar ainda não bateram as 09h no relógio é coisa a que o organismo eventualmente se habitua. Dormimos ao contrário dos outros e há quem não perceba esta vida. Não faz mal. Cá estamos e gostamos. Perdemos muita coisa mas ganhamos tantas outras... A aviação é qualquer coisa...

Comentários