Mensagens

Porque esta miúda merece...

Imagem
Sigo a Bárbara Cardoso no YouTube há bastante tempo e chegou a altura de partilhar o vídeo que ela publicou hoje. Acho tão poética a forma como ela se expressa, é tão sensível a abordar alguns assuntos, que o vídeo de hoje devia tornar-se viral. Vou fazer a minha parte e dar-vos a conhecer este pequeno diamante. :-)

Jogos | Uno Flip

Imagem
Uno Filipe como é conhecido cá por casa :-D Não temos nada contra o nome mas é mais fácil dizermos que queremos jogar ao Filipe! Adiante. Adquiri a mais recente versão do famoso jogo de cartas de sempre numa ida ao hipermercado, vi-o numa estante e toca de o colocar no cestinho. Para jogo de cartas não é propriamente barato mas eu queria-o tanto! E este é mais demoníaco: são basicamente dois baralhos: lado escuro e lado claro.  Recordam-se da carta +4, da versão original? Pois aqui vão encontrar a carta +5 no lado escuro do baralho e até o +1. Vão encontrar obviamente a carta que vos obriga a virar o baralho e a mudar completamente o jogo! Acho-o simplesmente genial. Se acham que têm uma boa mão, nem imaginam o que vai acontecer se forem obrigados a virar o baralho :)

Filmes | O Sussurro do Coração

Imagem
Previa gostar de "O Sussurro do Coração" mas não sabia que ia gostar tanto. É Ghibli, lá está. Shizuku decide ler imensos livros durante as férias e requisita-os na biblioteca mas descobre que antes dela, os livros são lidos sempre pela mesma pessoa: Seiji Amasawa. E decide encontrá-lo! Esta história é baseada numa banda desenhada e a narrativa cresce ao longo do filme. Existem até alguns Easter Eggs: relógio da marca Porco Rosso, um livro com Totoro, a estátua do gato barão revisita O Reino dos Gatos, por exemplo. Shizuku sente-se ainda perdida com o seu futuro: sonha ser escritora mas não sabe se terá qualquer valor nesse campo. Serão as típicas dúvidas da adolescência um tema forte neste filme. Além de tudo isto temos ainda uma paródia, chamemos assim, à música "Country Road", cantada originalmente por Olivia Newton-John, em que a personagem escreve uma nova versão, numa crítica a uma Tóquio demasiado impessoal e com muito betão.

Uma carta ao descascador

Imagem
Querido descascador:

conheço-te há relativamente pouco tempo mas podia ter-te conhecido há uma eternidade porque a minha vida na cozinha melhorou graças a ti. Já não descasco qualquer fruta ou legume com uma faca. Uso e abuso de ti indiscriminadamente, e nem sabia a falta que me fazias. Sabes aquele cliché que dizemos quando conhecemos alguém há pouco tempo mas devíamo-la ter encontrado muito antes?! Aí está, é o meu sentimento por ti. Comprei-te na dúvida da tua utilidade e rapidamente percebi que era inegável a tua função. Comprei outro que se estragou ao fim de alguns meses e comprei um para substituir. E se antes me fazia confusão usar-te porque não me parecias muito prático, habituei-me depressa. Existem uns que são fixos e outros pivotantes (que giram - tive que ir ver ao dicionário). Tudo isto para te agradecer a ajuda que me dás tornando o acto de descascar muito mais rápido e prático. Não perco tanto tempo o que torna a minha experiência na cozinha muito mais agradável.
Obrigada q…

Apresento Janna Watson

Imagem
Gosto destas pinceladas de cor....

Regressar ao trabalho...

Imagem
Estou a dias de regressar ao trabalho pós-licença de maternidade, pós-layoff e pós-férias marcadas há largos meses.
Vou regressar e estou em sofrimento, ansiosa e a começar a entrar em pânico. No total, estive fora 1 ano e quase 2 meses. 1 ano e quase 2 meses que estive grávida, nasceu o meu bebé, aprendi a cuidar dele, e estou em pânico porque acho que já não sei fazer mais nada. Acho que já não sei trabalhar... Só sei estar em casa a preocupar-me com coisas mundanas, sei bem o que não é ter horários mas também sei muito bem acalmar choros, trocar fraldas, dar banhos, adormecer... Acho que estou em negação e por outro lado sinto tanta necessidade de voltar ao ativo. Preciso ocupar a mente com outras questões para além deste pequeno ser que agora dorme a sua sesta pós-almoço enquanto eu reflito sobre este tema. E apesar de querer muito voltar a sentir-me útil profissionalmente já tenho muitas saudades de estar em casa. Falta muito pouco tempo. Já comecei a tratar da farda, a ir renovar o m…

Pus-me aqui a pensar...

... Há largos meses andava toda a gente a manifestar-se por causa do meio ambiente, por causa das alterações climáticas, por causa do uso de palhinhas de plástico e sei lá mais o quê e agora andam todos a atirar com as máscaras descartáveis para o chão?
Ganhem vergonha.